terça-feira, 20 de outubro de 2009

9

Matamos as aulas que iríamos ter depois do intervalo. A Soph saiu chorando comigo, e eu rindo dela, ela realmente estava muito fofa e engraçada chorando de emoção.
- Mas amor, nada era mentira. Só falei o que eu realmente sinto por você - eu falava, sorrindo pra ela.
- Mas... mas... você é tão perfeito! Não é justo - e começava a chorar de novo.
- Ah ta, então agora vou ser bruto então. SAI DAQUI MULHER! VAI FAZER MEU JANTAR! - empurrei ela de leve.
- Pff, idiota - prooonto, ai ela parou de chorar e teve um ataque de riso. Ou 8 ou 80. Segurei o rosto dela. olhei pra ela e a beijei, por baixo, flexionando o joelho pra ficar menor que ela e a beijando. Ela ficou vermelha. Definitivamente ela estava muito fofa.
- Amor, eu tô sentindo alguma coisa estranha. - ela disse.
- É, o amor faz isso com a gente mesmo - eu ri
- Não amor, é sério, uma impressão ruim.
- Calma, isso passa. - a abracei. Ela sorriu.
- Aaaah amanhã é aquela festa né? Do João do terceiro ano.
- Verdade, a gente vai né? Vai ser muuito bom.- falei
- Claro que a gente vai, e agora você vai comprar a minha roupa de amanhã. Você acha que é barato ter namorada? - Ela me olhou com aquele olhar desafiador. Agora era minha vez de chorar.
- Ê vida difícil, tsc.

2 comentários:

Neto Oliveira disse...

continuuaaaaa, bjs♥

Antonio R da Silva disse...

Olá!
Gostaria de ter uma renda extra com seu blog trabalhando 1h por dia no seu computador?
Não é vendas e nem precisa indicar pessoas.
Acesse: http://ganhosweb.com
Contao: suporte@ganhosweb.com
Skype: rrspierone