domingo, 14 de junho de 2009

3

O que ela estava pensando? O que ela queria que eu fizesse?
- Guilherme, be atention please.
- Sorry teacher.
- what is happening?
- Nothing
- Hmmm... Ok, so guys...- Cara não estava conseguindo dar a mínima atenção pra aquela aula. Queria sair dali e ver a Sophia. Vamos lá, o que eu podia fazer pra mostrar que eu estava mesmo afim dela?
- Cara, você tá voando mesmo haha.- Rafael, meu melhor amigo.
- É, essa história da Sophia tá me matando, e eu não sei o que fazer pra provar a ela que eu quero mesmo ficar com ela.
TRIIIIIIIIIIIIIN
Saímos da sala conversando.
- Ah mano, faz uma serenata pra ela, boaa essa hein?
- Tá zoando? Nunca na minha vida, isso é um ato suicida isso sim.
- Manda um buquê de rosas.
- Poético demais, odeio poesia. Ela vai pensar que eu estou enlouquecido por ela, e não chega a tanto, eu acho.
- Faz uma declaração em Público!
- Dá pra parar e começar a dar sugestões que sirvam de verdade?
E lá vinha o Luiz, outro amigo meu, o cara é o maior garanhão que há nesse colégio hehe, eu me divirto com ele.
- E aê!? Adivinha quem vai ficar com a Manuela?
- Você vai pegar a filha da diretora? Boa sorte cara. - Rafael deu uns tapinhas nas costas do Luiz.
- É, boa sorte mesmo, cê sabe que aquela ali é perigosa né? - disse eu
- Adoro perigo, mas e aí, qual o assunto?
- Como mostrar a Sophia que eu quero ficar com ela.
- Ah, essa é fácil, ignora ela, mas ignora muito, ou então você começa a implicar com ela, elas ficam gamadinhas.
- ¬¬
- ¬¬'
- Ah, então não faz nada.
- Peraí, ótima idéia! - disse eu, eles ficaram com cara de paisagem e eu saí correndo, onde será que a Sophia estava?

3 comentários:

Carine .~ disse...

porrinha, pode continuar? osiaoisa.

carli. disse...

maaaais! :D

Ana Gabriela' disse...

Laaah, pelamoor.. continuua *--*' [/um ponto, me deixa apreensiiiiva !